Portal Ecclesia
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
Loading
Biblioteca Ecclesia
 
 
 

Documento Final e Mensagem:

«BASILÉIA, 1989»

37. "Acreditamos que desde o início, Deus escolheu e chamou seres humanos para constituírem o seu povo a fim de testemunharem no mundo o Seu amor e a sua misericórdia. Deus estabeleceu uma aliança com o povo de Israel, escolhido de entre as nações para lhe pertencer (cf. Ex. 19: 1-25; 24:8), para ser uma bênção para todas as nações, de acordo com a promessa feita por Deus a Abraão (Gen. 12: 2ss). Apesar da desobediência do Seu povo, Deus permaneceu fiel e prometeu uma nova Aliança (Jer. 31: 31-34). Esta nova Aliança foi estabelecida definitivamente em Jesus Cristo (cf. I Cor. 11: 25; Marc. 14: 24; Heb. 8: 1-13) e aberta a todos ( cf. I Tim. 2: 4ss ).

38. Pela fé e pelo batismo tornamo-nos filhas e filhos de Deus. Graças a esta nova criação dada em Jesus Cristo (II Cor. 5: 17; Gál. 6: 15), "Não há judeu nem grego; não há servo nem livre, não há homem nem mulher, pois todos vós sois um só em Cristo" (Gál. 3: 28). A Igreja é o Corpo de Cristo, presente no mundo, sob a ação do Espírito Santo: "Foi num só Espírito que todos nós fomos batizados, a fim de formarmos um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres; e todos temos bebido de um só espírito" (I Cor. 12: 13). A Igreja, enquanto corpo de Cristo é a "visão da paz" (Orígenes, Or. 9, 2; PG 13, 349) que só pode ser real e universal se se compreender que a paz e a justiça são sinônimos (Clemente de Alexandria, Strom. 4, 25).

39. Enquanto membros do Corpo de Cristo, pertencemos a diferentes igrejas e comunidades eclesiais. Em conseqüência do nosso batismo e da resposta na fé à palavra de Deus, somos um só em Cristo, mesmo se ainda não estamos em plena comunhão uns com os outros. Esforçamo-nos por ultrapassar as diferenças que ainda existem na doutrina e na prática, a fim de chegarmos a uma plena comunhão. Ao fazê-lo, entrevemos uma comunhão na qual as diferentes tradições já não serão motivo de separação, mas enriquecimentos mútuos. Já todas as igrejas adquiriram a consciência de que o caminho para esta comunhão deve ser percorrido em conjunto. Na nossa busca e na nossa ação comuns a favor da justiça, da paz e da integridade da criação, a separação das Igrejas torna-se particularmente dolorosa à mesa do Senhor, porque é nela que recebemos e celebramos a Nova Aliança que é também aliança para a justiça, a paz e a integridade da criação.

40. Assim, a Eucaristia que nós, aqui em Basiléia, celebramos separadamente, incita-nos a procurar a unidade da Igreja e da humanidade: " A eucaristia abraça todos os aspectos da vida. É uma oferta e uma ação de graças em nome do mundo inteiro. A celebração eucarística exige que haja reconciliação e partilha entre todos os irmãos e irmãs da única família de Deus; ela é um constante desafio na busca de relações justas na vida social, econômica e política (Mat. 5: 23ss; I Cor. 10: 16ss; 11: 20-22; Gál. 3: 28).

Todas as formas de injustiça, de racismo, de separação e de falta de liberdade são radicalmente desafiadas quando partilhamos o corpo e o sangue de Cristo (cf. Batismo, Eucaristia e Ministério, cap. "Eucaristia", § 20). Isto aplica-se a todos os tipos de discriminação. A reconciliação com Deus manifestar-se-á mais claramente através de uma comunidade onde os antagonismos entre raças, classes e sexos tiverem sido completamente ultrapassados." (Texto da edição portuguesa do Documento final de Basiléia, editado pela CEP e pelo COPIC, com tradução da secção portuguesa da PAX CHRISTI.)

Fonte:

Presbyterian Church of Portugal

 

Voltar à página anterior Topo da página
NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
Galeria de Fotos
• IconostaseLinks • Canto Bizantino • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas