Portal Ecclesia
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
Loading
Biblioteca Ecclesia
 
 
 

O «cantinho dos ícones» no lar ortodoxo

primeira providência a tomar quando uma família cristã se muda para uma nova casa é determinar qual a parede do lado leste ou canto de parede, que poderá ser usado para colocação dos ícones. Este não será um canto imperceptível, onde os ícones podem se esconder dos olhos das pessoas. Pelo contrário, deverá ser um lugar de destaque, para ser visto por todos. O cantinho dos ícones deverá ter um ícone de Jesus Cristo e Nossa Senhora bem como ícones dos santos que a família tem especial devoção. Muitas vezes uma família escolhe um determinado santo a quem gostaria de dedicar a sua igreja familiar e colocam, a sua casa, sob a sua proteção.

O canto dos ícones terá uma mesinha ou estante onde ficarão os livros de orações, um turíbulo (pequeno recipiente para queimar incenso), um frasco com água benta, um crucifixo, as velas que o casal usou na cerimônia do seu matrimônio, santo óleo, palmas e outros objetos religiosos.

Em frente aos ícones uma lamparina deverá estar sempre acesa. Algumas famílias acendem velas diante dos ícones. Entretanto a tradição fala de lamparinas com azeite. Lâmpadas elétricas não são apropriadas. As lamparinas requerem uma certa dedicação pessoal, um esforço físico e pensamento dirigido a Deus quando, algumas vezes ao dia, precisamos acertar o pavio e acrescentar azeite. Poderá haver objeção quanto ao uso do azeite por seu custo elevado, mas Deus é beneficente aos que dão prioridade aos assuntos espirituais. Uma família que conheço tinha muitos problemas, um dos quais a falta de dinheiro para compra de alimentos. O chefe da família entregou o lar à proteção de Deus e da Virgem Maria. Com o sentimento de oferecer fé e amor ele prometeu que a lamparina só queimaria azeite, o que deixaria de fazer somente quando não houvesse comida nem dinheiro. Miraculosamente passou a haver suficiente dinheiro para compra do azeite e da comida por muito tempo.

Existem diversos tipos de utensílios destinados para queimar azeite A bóia de cortiça para manter a chama na superfície. A queima de azeite diante dos ícones, os seus cuidados e práticas são descritos abaixo:

O vidro

qualquer recipiente baixo e largo poderá servir. Não deverá ser reutilizado depois para outro propósito. Na Grécia a maior parte dos vidros é transparente ou colorido - que poderá ser vermelho, azul ou branco. É recomendável que seja grande o suficiente para que dure pelo menos 10 ou 12 horas.

O azeite:

o uso de azeite de oliveira é uma tradição que recebemos ainda do ancestral Moisés. O óleo de oliveira queima melhor se deixado aberto (mesmo que se torne rançoso).

O pavio:

use um barbante de algodão. Não use pavio parafinado. Se o pavio for embebido em vinagre ele queimará mais limpo e com mais brilho. Neste caso deverá ser bem seco antes de usar.

A chama: os monges do Monte Atos ensinaram a usar uma chama bem baixa, que eles chamam de "apathes"- sem paixão. A chama deverá queimar direita sem piscar. A lamparina queimará durante 12 horas dependendo basicamente do óleo, do tamanho do pavio, das condições do tempo (da atmosfera). Antes de reacender, remova o excesso de carbono do pavio e torça o pavio para formar uma ponta.

Limpeza:

o guardanapo usado para limpeza deverá ser queimado, de preferência no turíbulo e não ser deitado no lixo. Tenha cuidado para não derramar o azeite da lamparina. São Teodoro, o Studita, impôs um cânone de 30 prostrações na igreja para quem derramar azeite. O vidro deverá ser lavado periodicamente e colocado azeite novo. É recomendável jogar o azeite velho não no ralo da pia mas na terra embaixo de uma árvore ou arbusto onde não se pisa.

Os ortodoxos usam o azeite da lamparina freqüentemente para se benzer, fazendo o sinal da cruz na testa."


Fonte:

http://www.fatheralexander.org/

 

Voltar à página anterior Topo da página
NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
Galeria de Fotos
• IconostaseLinks • Canto Bizantino • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas