August 23, 2014

São Poemen, o Grande, respondendo à pergunta «O que é a fé?», disse que a fé consiste em permanecer na humildade e praticar a misericórdia; isto é, fazer-nos humildes perante todos e perdoar-lhes todas as descortesias e ofensas, todos os seus pecados. (Abba Poemen)

São Poemen, o Grande, respondendo à pergunta «O que é a fé?», disse que a fé consiste em permanecer na humildade e praticar a misericórdia; isto é, fazer-nos humildes perante todos e perdoar-lhes todas as descortesias e ofensas, todos os seus pecados. Como os tolos zelotes fingem que a fé é a causa fundamental de seu zelo, que eles saibam que a verdadeira fé, e conseqüentemente também o verdadeiro zelo se expressam na humildade perante o próximo e na piedade para com ele. Deixemos o trabalho de julgar e condenar as pessoas para àqueles sobre cujos ombros recaiu o dever de julgar e governar seus irmãos. «Aquele que é movido…

Read More

O abba Joseph perguntou ao abba Poemen: «Diz-me o que devo fazer para me tornar monge». O ancião respondeu: «Se queres encontrar repouso aqui e no mundo que há-de vir, repete continuamente: «Quem sou eu?» E não julgues ninguém». (Abba Poemen)

Um irmão que tinha pecado foi expulso da igreja pelo sacerdote; e o abba Bessarion levantou-se e saiu com ele, dizendo: «Eu também sou pecador» [...] Certa vez, em Scété, um irmão cometeu uma falta. Convocou-se um conselho para o qual chamaram o abba Moisés, mas este recusou-se a comparecer. Então o padre mandou-lhe dizer: «Vem, porque toda a gente está à tua espera». Ele levantou-se, pegou numa cesta rota, encheu-a de areia, colocou-a aos ombros e foi assim. Os outros, que saíram ao seu encontro, perguntaram-lhe: «Que é isso, pai?» O ancião respondeu: «Os meus pecados vão-se derramando atrás…

Read More

A paciência, com efeito, te revela todas as graças. Os santos foram pacientes e conseguiram as promessas. O orgulho dos santos é a paciência. Sê paciente para sejas contado nas filas dos santos, confiando que receberás uma coroa incorruptível. (S. Pacômio)

s-pacomio

EXORTAÇÃO SOBRE O RANCOR DE UM MONGE São Pacômio de Tabenési-séc.III Pacômio, nascido em 292 dC, provinha de família pagã e converteu-se ao Cristianismo quando contava com 20 anos de idade, seguindo educação ascética. Em 320, fundou seu primeiro mosteiro em Tabenesi, na Tebaída (Alto Egito), dando início ao monacato cenobita (comunitário), que perdura até os nossos dias. Morreu em 346, deixando como obras a Regra Monástica [com 194 artigos], diversas exortações a seus monges e 11 cartas a abades e irmãos religiosos. Nesta página, apresentamos uma de suas exortações aos monges, tratando do perigo do rancor. Como é sabido,…

Read More