«SANTO ESTÊVÃO, PROTOMÁRTIR E ARQUIDIÁCONO»

s-estevao

A Igreja celebra neste dia 27 de Dezembro, o Santo Protomártir e Arquidiácono Estêvão. Santo Estêvão, um dos sete diáconos escolhidos para aliviar os apóstolos dos trabalhos materiais da comunidade cristã nascente, foi lapidado pelos judeus, como narram os Atos dos Apóstolos, por volta do ano 37. Entregou a alma perdoando seus carrascos. Seu santo corpo, sepultado por homens piedosos, foi reencontrado em 415 em Cafargamala, em seguida a uma aparição ao padre Luciano, e transferido a Jerusalém para uma igreja construída pela Imperatriz Eudóxia, esposa de Teodósios o Jovem. Destruída pelos persas em 614, a igreja do Proto-mártir Estêvão foi reedificada em 1898 pelos Irmãos Pregadores. Seu nome significa, em grego, coroa: o Tropárion…

«SINAXE DA THEOTOKOS» (Santa Mãe de Deus)

fuga-para-o-egito-kosovo-serbia-436x360

Santa Virgem Maria é chamada Mãe de Deus (em grego «Theotókos») e Ela o é verdadeiramente, pois gerou segundo a carne, o Verbo Divino. A festa de ontem celebrava um fato histórico. A de hoje é a festa da maternidade divina da Virgem. Nosso Senhor é Verdadeiro Deus e Verdadeiro Homem, em Sua Única Pessoa foram unidas a Natureza Divina, sem mudança e a natureza humana criada em seu estado perfeito e gerada maravilhosamente por ação do Divino Espírito Santo no Seio da Virgem Maria. Por isso Maria é Mãe de Jesus da mesma forma que outras mães o são para seus filhos, e mais perfeitamente ainda. E uma vez que Jesus é verdadeiramente o…

SANTA NATIVIDADE DO SENHOR

natividade

A Igreja celebra hoje a «Natividade, segundo a carne, de Nosso Senhor, Deus e Salvador Jesus Cristo». A Festa da Natividade do Senhor, celebrada nas Igrejas do Oriente e do Ocidente, marca o nascimento de Jesus, o Verbo de Deus feito homem, em Belém. Tal festa é antecedida por um tempo de preparação e jejum que se encerra na noite de 24 de dezembro. O jejum é substituído pelo banquete da festividade e da alegria pela Encarnação do Verbo. O Menino recém nascido, impossibilitado ainda de falar, é a encarnação da Palavra Divina. O que os Patriarcas, Profetas, Justos e Reis desejaram ver e não viram, contemplamos hoje: a realização do plano salvífico que, ao…

DOMINGO ANTES DO NATAL OU DA «GENEALOGIA»

genealogia_arvore_jesse1

O calendário Litúrgico Bizantino festeja neste domingo que antecede o Natal, a Genealogia de Jesus, como filho da humanidade. Tanto São Lucas como São Mateus nomeiam as gerações que antecederam o nascimento do Filho de Deus. O primeiro capítulo do evangelho de Mateus situa Jesus no tempo e na história dos homens como parte principal do projeto de Deus. Já se mostra aqui todo o mistério da pessoa e da ação de Jesus, verdadeiramente homem e verdadeiramente Deus. São Lucas apresenta a genealogia, não no primeiro capítulo como faz São Mateus, mas no capítulo terceiro, após falar de João Batista que veio antes para preparar o caminho do Senhor. Depois de apresentar Jesus como Filho…

«10º DOMINGO DO EVANGELHO DE LUCAS»

lucas-10

Uma mulher que freqüentava o Templo, portava deficiência física sofrendo com dores terríveis, pois era encurvada, desde seu nascimento. Jesus entrando naquele dia no Templo a encontrou e, compadecido de seu sofrimento a curou. Este milagre aconteceu num dia de Sábado, dia sagrado para o povo judeu, pois é o dia feito para o descanso do povo que trabalhava muitas horas durante a semana. O Judaísmo deu uma contribuição importante ao mundo, inserindo no trabalho uma ética onde o descanso é necessário e vital. A escravidão, realidade que o povo eleito viveu dolorosamente no Egito, era uma realidade execrável e jamais se poderia pensar em reviver esta situação. Por isso as normas e leis religiosas…

CONCEPÇÃO DE SANT’ANNA, MÃE DA THEOTOKOS

Concepção de Sant'Ana, Mãe da Theotokos

Hoje se desatam os laços da esterilidade, Deus ouve as preces de Joaquim e Ana e lhes promete claramente que, contra toda esperança, darão à luz a filha de Deus, da qual nasceu Ele próprio, o Onipotente, quando se fez homem, ordenando ao Anjo saudá-la: «Salve, cheia de graça, o Senhor é contigo!» A Festa da Concepção da Santa Mãe de Deus por Sant’Ana, muito comentada pelos Santos Padres da Igreja dos primeiros séculos, entre os quais Santo Efrém (370), teve sua primeira celebração litúrgica na Palestina, no início do século VIII. Aos poucos a Festa estendeu-se a muitas Igrejas do Oriente e, no século X, já constava como celebração obrigatória em todos os calendários…

30 DE NOVEMBRO: COMEMORAÇÃO DO APÓSTOLO SANTO ANDRÉ, «O PRIMEIRO CHAMADO»

s-andre-436

Os gregos chamam a este ousado apóstolo “Protókletos”, que significa: o primeiro chamado. Ele foi um dos afortunados que viram Jesus na verde planície de Jericó. Ele passava. O Batista indicou-o com o dedo de Precursor e disse: «Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo». André e João foram atrás d’Ele. Não se atreveram a falar-Lhe até que Jesus se virou para trás e perguntou: «Que procurais?» – Mestre, onde habitas? – «Vinde e vede». A Igreja deve muito a Santo André. Diz a tradição que foi martirizado numa cruz em forma de aspa ou X, que é conhecida pelo nome de cruz de Santo André. «Vinde Comigo e Eu farei…

SANTA CATARINA DE ALEXANDRIA

s-catarina-de-alexandria2

A Igreja comemora neste Domingo, 25 de novembro, «Santa Catarina de Alexandria». Pedro Bargelline, no livro “Mille Santi Del Giorno” diz: “entre as santas que levam o nome de Catarina, a mais conhecida na literatura é Catarina de Sena; a mais célebre na história da espiritualidade é Catarina de Gênova; porém, a mais venerada universalmente, tanto pelo Ocidente quanto pelo Oriente é Santa Catarina de Alexandria”. Nascida em Alexandria no Egito, foi virgem ilustre e não somente por nobreza de nascimento, formosura, riqueza, mas também por um grau de ciência incomum. Era filha do Rei Costus do Egito. Um dia sua mãe apresentou-a a um eremita. Vendo ele a graça e a inteligência de Catarina…

O «13º DOMINGO DO EVANGELHO DE LUCAS»

O Evangelista Lucas narra a passagem do jovem rico, procurando enfatizar o que São Mateus sublinhou sobre a mesma passagem, em sua descrição: deixar tudo é convite extensivo a todos, mas nem todos se desvencilham com facilidade dos bens terrenos. Sobre este Evangelho encontramos uma importante reflexão deixada por São Clemente de Alexandria. (Ver XII Domingo de Mateus). Outro tema não menos importante, deste Domingo é o que a Epístola aos Efésios nos apresenta: a contraposição entre a LUZ e as trevas, entre o passado e o presente. As trevas são o pecado e a luz é o Cristo ressuscitado. Antes (passado), vivíamos na escuridão agora (presente) já podemos viver na Luz vinda do próprio…

O «9º DOMINGO DO EVANGELHO DE LUCAS»

Deparamo-nos, neste domingo, com um relato familiar. Não é raro ouvirmos de pessoas comentários semelhantes aos que foram proferidos pelo personagem da Parábola que Jesus usou para mais uma vez transmitir seus ensinamentos. A riqueza não é seguro de vida e muito menos demonstra se estamos cumprindo a vontade de Deus ou não. Para os cristãos nem sempre a riqueza é sinal de benção divina; é, muitas vezes, causa de perdição. Jesus inicia sua parábola contando que certo homem teria uma ótima colheita, mas que não teria celeiros suficientes para armazená-la, já que os que possuía já estavam abarrotados. Pensou então em construir celeiros maiores e estocar suas riquezas para depois desfrutá-la, comendo e bebendo….