Portal Ecclesia
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
Loading
Patriarcado Ecumênico
 
 
 

ΟΙΚΟΥΜΕΝΙΚΟΣ ΠΑΤΡΙΑΡΧΗΣ

Visitas pastorais de S. S. Bartolomeu I, Patriarca Ecumênico, a diversas partes do mundo, e eventos diversos celebrados na Sé Patriarcal de Constantinopla, durante no ano de 2004.

 
 

Clique sobre as fotos para ampliar


1 2 3 4 5
6 7 8 9 10
11 12 13 14 15
16 17 18 19 20
21 22 23 24 25
26 27 28 29 30
31 32 33 34 35
36 37 38 39 40
41 42 43 44 45
46 47 48 49 50
    51    

Legendas:

  1. Celebração da Teofania no porto do Fanar, com imersão da Santa Cruz, presidida pelo Patriarca na persença de centenas de fiéis (6 de janeiro de 2004).
  2. O presidente de Cuba, Fidel Castro, recebe o Patriarca Ecumênico Bartolomeu, em visita oficial, no Palácio Presidencial em Havana. “Ao olhar para seu rosto, testemunhamos a história” – com essas palavras o presidente deu as boas-vindas ao Patriarca no aeroporto da capital (21 de janeiro de 2004).
  3. Em uma conferência ecológica em Havana, o Patriarca Ecumênico enfatizou que: “devemos tentar convencer sistematicamente todas as pessoas e governos que não devemos desalinhar a harmonia divina do meio ambiente, pois o resultado será prejudicial a nós mesmos”. O presidente de Cuba, Fidel Castro, ministros, hierarcas e diversas autoridades estiveram presentes ao encontro (2 de janeiro de 2004).
  4. Em Havana o Patriarca visitou uma escola para crianças especiais, à qual doou livros e cadeiras de rodas, em parceria com a Kenneth Bering, presidente da “Wheelchair Foundantion” dos EUA (22 Janeiro de 2004).
  5. O presidente cubano oferece ao Patriarca Ecumênico as chaves da nova igreja de São Nicolau, em Havana. A igreja é um presente do povo da cidade à Igreja Ortodoxa grega de Havana e ao Patriarca Ecumênico. A nova igreja está sob a jurisdição do Metropolita Atenágoras do Panamá e América Central (25 de janeiro de 2004).
  6. Celebração da festa do 550o aniversário da Grande Escola Patriarcal da Nação. O Patriarca Ecumênico Bartolomeu participou da cerimônia de abertura ao lado dos ministros da educação da Grécia, Petros Efthymiou, e Hüseyin Çelik, da Turquia, que se encotraram pela primeira vez (30 de ajneiro de 2004).
  7. Na Sé Patriarcal, o Patriarca Ecumênico posa ao lado dos ministros da educação da Grécia e Turquia em frente ao mosaico que mostra a concessão do sultão de direitos especiais pelo sultão Mehmet II ao patriarca Genádio II Scholarios em 1454. No mosaico há a inscrição: “Que o Patriarca sempre goze destes direitos” (30 de janeiro de 2004).
  8. Durante uma caminhada em meio a neve por um parque às margens do Bósforo, o Patriarca retira a neve de alguns galhos (fevereiro de 2004).
  9. Durante a visita do Patriarca Ecumênico à Metropolia de Nova Jersey, os jovens do centro cultural da paróquia da Santíssima Trindade, em Westfield, organizaram uma festa em sua homenagem. Na foto, o Patriarca está acompanhado do Arcebispo Demétrio, Metropolita Evangelos de Nova Jersey, líderes comunitários e jovens trajando roupas típicas (13 de março de 2004).
  10. Na sede da ONU, em Nova Iorque, O Patriarca Ecumênico Bartolomeu encontrou-se com o secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, com quem conversou sobre o meio ambiente (15 de março de 2004).
  11. Encontro do Patriarca Ecumênico com a Senadora Hillary Clinton na Arquidiocese da América, em Nova Iorque, onde conversaram sobre assuntos de interesse mútuo (15 de março de 2004).
  12. No Museu Metropolitano de Nova Iorque, o Patriarca Ecumênico inaugurou uma mostra de ícones e objetos litúrgicos, intitulada “Bizâncio – fé e poder (1261 – 1557)”. O Patriarca e o Arcebispo Demétrio observam com admiração o ícone de dupla-face da Virgem Pausolype, que foi levada do Catholikon do Mosteiro da Santíssima Trindade, em Halki, especialmente para a exibição (15 de março de 2004).
  13. Em seu discurso no Museu Metropolitano de Nova Iorque, o Patriarca Ecumênico enfatizou sua crença de que a principal fonte de poder dos EUA está em suas instituições de ensino superior. Compareceram ao evento o ex-presidente George Bush com sua esposa, arcebispo Demétrio dos EUA e Damião do Sinai, bem como o arcebispo Iakovos (18 março de 2004).
  14. Na ocasião do aniversário de 800 anos da conquista de Constantinopla pelos Cruzados, Dom Philippe Cardeal Barbarin, Arcebispo de Lyons (França), compareceu à Divina Liturgia na igreja patriarcal de São Jorge, presidida pelo Patriarca Ecumênico. O cardeal católico romano descreveu a data como uma triste lembrança para a Igreja Ortodoxa e uma vergonha para a igreja católica romana (13 de abril de 2004).
  15. Em Pérgamo, nas ruínas da basílica de São João Teólogo, o Patriarca Ecumênico presidiu a Divina Liturgia, co-celebrada pelos metropolitas João de Pérgamo, Iakovos de Metilene e Gabriel de Comana (8 de maio de 2004).
  16. Em Karvali, na Capadócia, o Patriarca Ecumênico Bartolomeu e o Patriarca Teoctisto da Romênia, presidiram a Divina Liturgia celebrada na Igreja da Anunciação, co-celebrada pelos metropolitas Jerônimo de Thibai, Bartolomeu de Clouze e Apostolos de Moschonisia, e o bispo Cipriano de Kabineo (20 de maio de 2004).
  17. Durante a transferência da Igreja de Santa Parásqueva em Pikridion (Hasköy) pelo Patriarca Ecumênico à comunidade romena de Istambul, Sua Santidade Bartolomeu e o Patriarca Teoctisto da Romênia celebraram a Divina Liturgia, co-celebrada pelos arcebispos Teodósio de Tomis e Bartolomeu de Clouze, e pelo bispo Cipriano de Kabineo. Estiveram presentes à celebração o ministro da cultura da Romênia, R. Teodorescu, os cônsules-gerais da Grécia e Romênia, e uma multidão de fiéis (23 de maio de 2004).
  18. “Vamos promover a globalização da cooperação e o diálogo ao invés do ódio, do fanatismo e do antagonismo negativista. Devemos lutar por isso”, enfatizou o Patriarca Ecumênico em uma conferência organizada pela sucursal turca da Comissão de Diálogo entre as Civilizações da UNESCO. A conferência ocorreu em Istambul (24 de maio de 2004)
  19. Encontro do Patriarca Ecumênico com o então líder do Conselho Nacional da Áustria e atual presidente do país, Heinz Fischer, que demonstrou seu apreço ao papel do Patriarcado Ecumênico na nova realidade européia (17 de junho de 2004).
  20. Durante a visita oficial do Patriarca a Áustria, o então presidente Thomas Klestil conferiu ao Patriarca Bartolomeu a condecoração máxima da República da Áustria, em Viena (19 de junho de 2004).
  21. Festa do 200o aniversário da fundação da Escola Nacional Helênica, organizada pelo Met. Miguel da Áustria, celebrada em Viena. Compareceram às festividades o Patriarca Ecumênico Bartolomeu, o Presidente da Grécia, K. Stephanopoulos, o ministro da Macedônia-Trácia N. Tsiartsionis, o Ministro do Exterior P. Skandalakis, e diversas autoridades (19 de junho de 2004).
  22. Durante sua visita a Innsbruck, Áustria, o Patriarca Ecumênico foi recebido com honras de Chefe de Estado pelo governador do Estado de Tyrol e diversas autoridades locais (21 de junho de 2004).
  23. O Primeiro-ministro da Grécia, K. Karamalis e o Patriarca Ecumênico conversam durante um encontro no Fanar. O Primeiro-ministro estava acompanhado o Ministro do Exterior Petros Molyviatis e líder da câmara I. Valinakis (27 de junho de 2004).
  24. Encontro privado do Patriarca Ecumênico Bartolomeu com o Papa João Paulo II no Vaticano, por ocasião da celebração do 40o aniversário do encontro histórico em Jerusalém entre o Patriarca Ecumênico Atenágoras com o Papa Paulo VI, em 1964. O papa pediu perdão pela IV Cruzada, responsável pela queda de Constantinopla (29 de junho de 2004).
  25. O Patriarca Ecumênico inaugura a igreja de São Teodoro em Roma e celebra a Divina Liturgia. Construída no século VII, a igreja foi doada pelo papa João Paulo II ao Patriarcado Ecumênico. A reforma da igreja e da casa paroquial só foi possível devido à generosa doação da família de Fotini George Livanos. O Met. Genádio da Itália supervisionou os trabalhos de restauração (1 de julho de 2004).
  26. O Patriarca Ecumênico Bartolomeu e o Papa João Paulo II assinam uma proclamação que menciona a melhora das relações entre ambas as igrejas durante o período 1964-2004, bem como suas expectativas de plena comunhão (1 de julho de 2004).
  27. Patriarca Irineu de Jerusalém em visita oficial ao Fanar. Junto com o Patriarca Ecumênico, ambos co-celebram a Divina Liturgia na igreja patriarcal de São Jorge, que conta com a participação de hierarcas de ambas as jurisdições (11 de julho de 2004).
  28. O Primeiro-ministro da Romênia, Adrian Nastase e sua esposa, Dana, visitam o Patriarca Ecumênico no Fanar. O Primeiro-ministro presenteou Sua Santidade com um ícone em estilo romeno (12 julho de 2004).
  29. Encontro inter-religioso cujo tema era “Religião, paz e o ideal olímpico”, organizado com colaboração do Patriarcado Ecumênico e da administração municipal de Amaroussion, por ocasião dos jogos olímpicos de Atenas 2004 (11 de agosto de 2004).
  30. O Centro Ortodoxo do Patriarcado Ecumênico de Chambessy, em Genebra, publicou um laudatório esplêndido, patrocinado por F. Zayed, para comemorar seu 35o aniversário. A publicação foi lançada na sede da Fundação Katsis, em Kifisia, Atenas. O Patriarca Ecumênico Bartolomeu, Erietta e Mariana Latsi, e arconte Spyros, com suas respectivas famílias, além de hierarcas, ministros, arcontes patriarcais, professores e outras autoridades estiveram presentes ao evento (12 de agosto de 2004).
  31. “Temos plena certeza de que estes Jogos Olímpicos serão esplêndidos e entrarão para a história”, disse o Patriarca Ecumênico a respeito da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Atenas, a qual esteve presente. Na foto, o Patriarca observa a Acrópole e a cidade de Atenas (13 de agosto de 2004).
  32. Por ocasião dos Jogos Olímpicos de Atenas, o Patriarca Ecumênico encontrou-se com o Primeiro-ministro da Turquia, Tayip Erdoğan, e sua esposa no Grand Bretagne Hotel. À direita da foto está o embaixador da Turquia em Atenas, Yiğit Alpoğan, recentemente empossado como secretário geral do conselho nacional de segurança da Turquia – o primeiro civil a ocupar o cargo de secretário geral (13 de agosto de 2004).
  33. O Patriarca Ecumênico deu seu último adeus a Dido Sotiriou na igreja de São João Batista em Şirince, dizendo: “Adeus de Éfeso, adeus de Jônia, adeus da Anatólia, adeus do Oriente, encruzilhada cultural e cenário de conflitos, matanças, desacordos e fratricídio. Que sua alma descanse em paz” (25 de setembro de 2004).
  34. Nas ruínas da basílica de São João Teólogo em Éfeso, o Patriarca Ecumênico co-celebrou a Divina Liturgia com os metropolitas Atenágoras do Panamá e Chalcida Chrysostomos. Também estiveram presentes à celebração o Met. Agostinho da Alemanha, o cônsul grego em Izmir, vários membros do clero e uma multidão de peregrinos de Istambul, da Grécia e de Cuba (26 de setembro de 2004).
  35. O Patriarca Teoctisto da Romênia dá as boas-vindas ao Patriarca Bartolomeu em Bucareste. O Patriarca romeno disse que: “Todos os lugares do mundo que o Patriarca visita são seu lar. Esta é a sua grande diocese e seu testemunho diante de Deus e todas as pessoas. Que o Patriarcado da Romênia possa sempre ser considerado seu lar” (15 de outubro de 2004).
  36. O Patriarca Ecumênico recebe o título de Membro Honorário da Academia Romena das mãos de seu presidente durante uma cerimônia especial, em Bucareste (16 de outubro de 2004).
  37. No jantar oferecido pelo presidente da Romênia, Ion Iliescu, em homenagem ao Patriarca Ecumênico, ele declarou: “Nós, os leigos, ficamos comovidos com seus comentários a respeito da revolução de 1989, que Sua Beatitude descreveu como um milagre divino, através do qual o povo romeno e seu país iniciaram uma nova era – uma afirmação bastante precisa” (17 de outubro de 2004).
  38. Por ocasião do 500o do repouso de Santo Estevão, o Grande, o Patriarca Ecumênico prestou sua homenagem em seu túmulo, no mosteiro de Putna, na Romênia, colocando uma lamparina de prata que irá sempre iluminar o túmulo do “campeão da fé cristã” (19 de outubro de 2004).
  39. Inauguração da igreja do mosteiro de Hagia Skepi da Virgem, na vila de Dorna Arini, na região de Vatra Dornei, no norte da Romênia, celebrada pelo Patriarca Ecumênico (20 de outubro de 2004).
  40. O Patriarca Ecumênico, acompanhado do Primeiro-ministro da Bulgária, Symeon Saxcobourgovsky (esquerda) e do líder da representação permanente da União Européia em Sófia, D. Kourkoulas. “Sem a participação e contribuição do povo do leste europeu, Ortodoxos em sua maioria, a integração da Europa seria inconcebível”, disse o Patriarca (27 de outubro de 2004).
  41. Durante a celebração de seu 90o aniversário, Sua Beatitude Máximo, Patriarca da Bulgária, é homenageado pelo presidente do país, Georgiy Parvanov, com a condecoração máxima da nação. Estiveram presentes ao evento o Patriarca Ecumênico, representantes de diversas igrejas Ortodoxas e vários políticos búlgaros (29 de outubro de 2004).
  42. O Patriarca Barolomeu em um encontro particular com o presidente da Bulgária, Georyi Parvanov (29 de outubro de 2004).
  43. Atendendo a pedidos do Patriarca Ecumênico Bartolomeu, o papa João Paulo II devolveu ao Patriarca as santas relíquias dos arcebispos de Constantinopla, São Gregório Nazianzeno e São João Crisóstomo. A cerimônia foi oficiada na basílica de São Pedro, no Vaticano, e contou com a presença de cardeais, hierarcas, embaixadores e diversas autoridades, além de centenas de fiéis (27 de novembro de 2004).
  44. Um evento histórico: o retorno de Roma das relíquias dos arcebispos de Constantinopla, São Gregório Nazianzeno e São João Crisóstomo, celebrado no Fanar, em uma procissão solene. As santas relíquias foram escoltadas pelo Patriarca Ecumênico e diversos hierarcas, e após oito séculos, retornaram a Istambul. No dia de seu retorno, os relicários foram colocados na cátedra patriarcal na igreja de São Jorge (27 de novembro de 2004).
  45. A festa da Cátedra do Patriarcado Ecumênico, no dia dedicado à memória de Santo André, foi celebrado no Fanar, e contou com a participação de representantes de diversas igrejas Ortodoxas. Estavam presentes ao evento uma delegação oficial de Roma, presidida pelo Cardeal Walter Kasper; o Ministro do Exterior da Grécia P. Skandalakis, diversas autoridades e uma multidão de fiéis de vários países (30 de novembro de 2004).
  46. O presidente do Parlamento Europeu, Josep Borell Fontelles, visitou o Patriarca Ecumênico no Fanar, para discutir os problemas que o Patriarcado Ecumênico e a comunidade grega de Istambul enfrentam na Turquia. O presidente estava acompanhado por Camiel Eurlings, representante do Parlamento Europeu incumbido de acompanhar as relações entre a UE e a Turquia, e Jost Lagndiju. O Met. Meliton da Filadélfia também esteve presente (04 de dezembro de 2004).
  47. “Devemos sempre caminhar juntos”, proclamaram o Patriarca Ecumênico e o novo Patriarca de Alexandria, Teodoro, durante a visita do primaz da Igreja de Alexandria ao Patriarcado Ecumênico. Ambos os Patriarcas, que vivem em países de maioria muçulmana, sabem como servir de ponte entre ambas as religiões (06 de dezembro de 2004).
  48. Georgios Papandreou, presidente do PASOK, encontrou-se com o Patriarca Ecumênico no Fanar. Em seu discurso, Papandreou falou sobre os direitos do Patriarcado, enfatizando que o mesmo está sediado na Turquia: “A Turquia deve respeitar a existência do Patriarcado, inclusive por sua importância histórica” (10 de dezembro 2004).
  49. Em sua primeira visita ao Patriarcado Ecumênico, a secretária-geral do Partido Comunista Grego, Aleka Papariga, teve uma longa conversa com o Patriarca. Ela agradeceu Sua Santidade pela contribuição financeira dada pelo Patriarcado à restauração dos arquivos históricos do KKE, destruídos em uma enchente, e também expressou seu apoio à causa do Patriarcado (11 de dezembro de 2004).
  50. Em Konya (Icônio), o Patriarca Ecumênico compareceu às festividades do 731o aniversário da morte de Mevlana Jelaletti Rumi, sábio e poeta muçulmano, e visitou seu túmulo. Na foto, o Patriarca está acompanhado de representantes das comunidades cristã e judaica, pelo presidente da sucursal turca da UNESCO, e outras autoridades (17 de dezembro de 2004).
  51. m Sile (Sílata), uma região próxima a Konya, o Patriarca Ecumênico visitou a igreja de São Constantino e Santa Helena. Construída em 327 por Santa Helena, a igreja passou por várias transformações ao longo dos séculos. A última restauração foi em 1880 (17 de dezembro de 2004).

Fonte:

Site ofocial do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla

Fotos: Nicolas Manginas.

Tradução inglesa: Theodota Nantsou.

Trad. para o português por: Ricardo Williams

Voltar à página anterior Topo da página
NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
Galeria de Fotos
• IconostaseLinks • Canto Bizantino • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas