October 30, 2014

10 - Outubro:

01 de Outubro: Santo Ananias, apóstolo [dos 70] (séc. I) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

02 de Outubro: São Cipriano, hieromártir († 304) e Santa Justina, virgem e mártir († 304) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

03 de Outubro: São Dionísio Areopagita, hieromártir († c.90) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

04 de Outubro: Santo (Abba) Amon, Padre do deserto -

segunda-feira, outubro 1, 2012

05 de Outubro: Santa Karitina, mártir († 304) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

06 de Outubro: São Tomé, apóstolo (séc. I) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

07 de Outubro: Santos Sérgio e Baco, mártires (†t 297/304) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

08 de Outubro: Santa Pelágia, a penitente (II metade do séc. V) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

09 de Outubro: São Tiago, filho de Alfeu, apóstolo (séc. I) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

10 de Outubro: Santos Eulâmpio e sua irmã Eulâmpia, mártires (início do séc. IV) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

11 de Outubro: São Filipe, um dos 7 diáconos, apóstolo [dos 70] (séc. 1) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

12 de Outubro: São Simeão (ou Simão), o Novo Teólogo († 1022) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

12 de Outubro: Santos Probo, Táracos e Andrônico, mártires († 304) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

13 de Outubro: Santos Carpos, bispo; Pápilos, diácono; Agatonica e Agatodoros, mártires († c.250) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

14 de Outubro: Santos Nazário, Gervásio, Protásio e Celso, mártires († c. 66) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

15 de Outubro: São Luciano, presbítero da Igreja de Antioquia, hieromártir († 312) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

16 de Outubro: São Longino Centurião, mártir (séc. I) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

17 de Outubro: Santo Oséias, profeta (séc. VIII a.C) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

18 de Outubro: São Lucas Evangelista -

segunda-feira, outubro 1, 2012

19 de Outubro: Santo Profeta Joel (séc. VI a.C) -

segunda-feira, outubro 1, 2012

01 de Dezembro: São Naum, Profeta (séc. VII a.C.)

01

Também chamado de Elcosiano (em hebreu “elgoshi”) o que provavelmente indica o nome de seu pai. A família de Naum era originária de uma aldeia que mais tarde recebeu o nome do profeta, em sua homenagem. No Evangelho, Cafarnaum é mencionada para designar a aldeia de Naum, na parte norte do Lago da Galiléia. Depois da destruição do reino de Israel pelos assírios (722 a C) os descendentes de Naum  se mudaram para Judá, onde iniciou seu serviço profético, no inicio do século VII a. C. No terceiro capitulo de seu Livro, Naum fala principalmente do castigo de Nínive, a capital…

Read More

02 de Dezembro: Santo Habacuque, Profeta (séc. VII a.C)

02

Habacuque era descendente dos Levitas, sacerdotes e servidores do Templo em Jerusalém. Viveu pouco antes da destruição do Templo e era contemporâneo do Profeta Jeremias. Seu livro se destaca pela linguagem simples, elevada e poética. Os conhecedores das Sagradas Escrituras o elogiam pela simplicidade, brevidade e pela profundidade das imagens. O profeta Habacuque ensinava que o ímpio e o injusto se perderão, enquanto os piedosos serão salvos pela fé. Com este pensamento (que os ímpios se perderão e os justos se salvarão) compõe um hino – um cântico – que descreve o Juízo Divino. «Porque, ainda que a figueira não…

Read More

03 de Dezembro: São Sofonias, profeta (séc. VII a.C)

03

Durante o longo reinado do ímpio rei Manassés (698-643 a.C), quase todos os profetas de Judá foram aniquilados ou viveram na clandestinidade. É possível afirmar que Sofonias tenha sido o primeiro profeta que levantou sua voz após meio século de silêncio dos enviados divinos. Sofonias pregou durante o reinado do piedoso Josias, rei de Judá (640-609 a. C.), vinte anos antes da destruição de Jerusalém. Os antepassados de Sofonias eram de origem nobre. Supõem-se que, induzido pelo profeta, o rei iniciou, aos poucos, uma difícil reforma religiosa, cujas bases foram lançadas na época do rei Manassás. Sofonias observava com dor…

Read More

04 de Dezembro: São João Damasceno, mon. († 749)

04

Depois que a grande cidade de Damasco, metrópole da Síria caiu sob os muçulmanos no ano 635, os cristãos foram submetidos a muitas desvantagens em ralação aos demais cidadãos, obrigados a pagar tributos aos seus dominadores árabes. Na época do Califa Abdul-Malek (685-705), todos os assuntos relacionados aos cristãos era de responsabilidade de Sérgio Mansur, homem de confiança do Califa, e que vinha de uma das importantes famílias cristãs da cidade. Por volta do ano 675, nasceu um homem temente a Deus e de muita sinceridade, nosso Santo Pai João, «a Arpa do Espírito Santo». Desde sua infância foi educado…

Read More

05 de Dezembro: São Savas, o Santificado, mon. († 532)

05

São Savas, um dos patriarcas mais renomados, entre os monges da Palestina, nasceu em Mutalaska da Capadocia, não muito distante de Cesaréia, no ano 439. Se pai era um oficial do exército. Este, sendo obrigado a partir com sua esposa para Alexandria, confiou seu filho Savas e a administração de suas propriedades a seu cunhado. Savas foi de tal modo, maltratado por sua tia que, menino, fugiu de casa aos oito anos, refugiando-se na casa de seu tio Gregório, irmão de seu pai, na esperança de que, ali, pudesse ser menos infeliz. Gregório então, exigiu que também lhe fosse entregue…

Read More

06 de Dezembro: São Nicolau, arcebispo de Mira († séc. IV)

06

São Nicolau Taumaturgo da cidade de Mira, da província de Lícia, é um santo especialmente querido pelos ortodoxos, e em particular, pelos russos. Ele ajuda ràpidamente em diversas calamidades da vida e perigos das viagens. Nasceu na Ásia Menor no final do séc. III, e desde a sua infância, demonstrou a sua profunda religiosidade e aproximou-se do seu tio, bispo da cidade de Patara sendo, ainda jovem, ordenado sacerdote. Após a morte dos seus pais, Nicolau herdou uma grande fortuna a que começou a distribuir entre os pobres. Ele se empenhou em ajudar secretamente, para que ninguém pudesse agradecer-lhe.  O…

Read More

07 de Dezembro: Santo Ambrósio, bispo de Milão († 397)

07

Santo Ambrósio nasceu em Trevere, provavelmente no ano 430. Seu pai  também se chamava Ambrósio e era prefeito da Gália e faleceu quando Ambrósio ainda era jovem Sua mãe, então, voltou a morar com a família em Roma. A mãe de Santo Ambrósio deu a seus filhos uma educação esmerada. Pode-se afirmar que a santidade de Santo Ambrósio  se deveu muito a sua mãe e sua irmã Santa Marcelina.  Aprendeu grego, chegou a ser poeta e dedicou-se a advocacia. O Bispo Euxenio, um ariano que governou a diocese de Milão durante quase 20 anos, morreu no ano 374. Para eleger…

Read More

08 de Dezembro: São Patápio de Tebas, monge (séc. VII)

08

São Patápio  era natural do Egito. Desde a sua infância  já manifestava um «espírito de amor  e temperança» ( IITm 1,7) que foi se evidenciando na medida em que crescia. Depois de compartilhar toda a sua herança com os pobres, retirou-se para o deserto  despreendendo-se de todas as coisas. Lá ocupava todo o seu tempo orando e estudando. A cada peregrino que cansado da viagem, passava por por sua casa, oferecia-lhe hospedagem e descanso para que passava por sua casa, oferecia-lhe hospitalidade para que, recuperando suas forças,  pudesse prosseguir seu caminho. Nestas ocasiões aproveitava para aconselhar espiritualmente as almas em…

Read More

09 de Dezembro: Festa da Concepção de Sant’anna, Mãe da Theotokos e Santa Profetisa Ana

09

Não se faz referências sobre a mãe da Santíssima Virgem Maria, nem nos Evangelhos, nem nos outros escritos do Novo Testamento. O que se sabe a respeito de Santa Anna nos vem dos escritos apócrifos. Segundo estas narrativas, que coincidem com a Tradição da Santa Igreja, o sacerdote Matthan, que residia em Belém, teve três filhas: Maria, Sobi e Ana. Maria, após casar-se em Belém, deu à luz Isabel, mãe de João Batista. Ana se casou com Joaquim da Galiléia; após muitos anos de casados, geraram a Santíssima Virgem Maria. A Tradição nos relata que seus pais a consagraram ao…

Read More

10 de Dezembro: Santos Mártires Mena, Hermógenes e Eugrafos de Alexandria († c. 313)

10

São Mena era natural de Atenas, de uma família idólatra. Sua esmerada formação lhe fez perceber que cultuar muitos deuses era um erro. Nem na filosofia pode encontrar algo que lhe satisfizesse, iniciando-se então nos estudos dos livros cristãos. Começou com o Evangelho onde encontrou luz e verdade para seu espírito. Tomou então a decisão de batizar-se cristão. Mais tarde o rei Maximino (311-313), sem saber que era cristão, o nomeou governador de Alexandria.  Ao ter início as perseguições aos cristãos na cidade, por ordem do  rei,  São Mena não só se negou a executar tais ordens, como dedicou-se a…

Read More