[singlepic id=152 w=320 h=240 float=left]São Leôncio, um grego de Constantinopla, foi o primeiro monge das Grutas de Kiev que chegou a se tornar bispo e, pouco depois de 1051, foi chamado para governar a Eparquia de Rostov. Em seu governo levou adiante a tradição dos santos bispos missionários que o haviam precedido, tendo ainda mais êxito do que os seus antecessores na conversão dos pagãos, apesar da perseguição a que esteve submetido. Diz-se que, graças ao dom de milagres que o céu lhe concedeu, concluiu a evangelização daquela região. Isto, porém, é pouco provável, já que Santo Abraão, cinquenta anos mais tarde, esteve evangelizando no arredores de Rostov – a não ser que a data do apostolado de Santo Abraão não seja precisa. São Leôncio morreu por volta do ano 1077. Sempre foi considerado um mártir em virtude dos maus tratos sofridos nas mãos dos pagãos. Diz-se que os primeiros dois mártires da Rússia, no tempo de São Valdomiro, o Grande, foram leigos e, por isso é que São Leôncio é chamado “hieromártir“, isto é, mártir sacerdote. O nome de São Leôncio ainda é citado na preparação da Divina Liturgia bizantina.

Tradução e publicação neste site
com permissão de
Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager