March 5, 2015

03 - Março:

01 de Março: Santa Eudoxia, mártir († início do séc. II) -

quinta-feira, março 1, 2012

02 de Março: São Nicolau de Plana († 1932) -

quinta-feira, março 1, 2012

03 de Março: Santos Eutrópio e companheiros – Cleonikos e Basisliskos, Zenos e Zilos – mártires († início do séc. IV); -

quinta-feira, março 1, 2012

04 de Março: São Gerásimo do Jordão, monge († 475) -

quinta-feira, março 1, 2012

05 de Março: São Conon de Isauria, mártir -

quinta-feira, março 1, 2012

06 de Março: Santos Quarenta e dois Mártires de Amorion na Frígia († 848) -

quinta-feira, março 1, 2012

07 de Março: São Paulo, o Simples -

quinta-feira, março 1, 2012

08 de Março: São Teofilactos, arcebispo de Nicomédia, confessor († 845) -

quinta-feira, março 1, 2012

09 de Março: Santos Quarenta Mártires de Sebaste, na Armênia († 322) -

quinta-feira, março 1, 2012

10 de Março: São Codrato de Coríntio e companheiros, mártires († 258) -

quinta-feira, março 1, 2012

11 de Março: São Sofrônio, patriarca de Jerusalém (†38) -

quinta-feira, março 1, 2012

12 de Março: São Teófanes, o confessor de Sigriana, mon. († 817) -

quinta-feira, março 1, 2012

13 de Março: Trasladação das relíquias de São Nicéforo, Patriarca de Constantinopla (847) -

quinta-feira, março 1, 2012

14 de Março: São Bento de Núrsia, mon. († c. 543) -

quinta-feira, março 1, 2012

15 de Março: Santo Aristóbulos, apóstolo [dos 70] († séc. I) -

quinta-feira, março 1, 2012

16 de Março: São Cristodoulos de Patmos († fim do séc. XI) -

quinta-feira, março 1, 2012

17 de Março: Santo Alexis, homem de Deus († séc. IV ou V) -

quinta-feira, março 1, 2012

18 de Março: São Cirilo, Bispo de Jerusalém († c. 386) -

quinta-feira, março 1, 2012

19 de Março: São Crisanto e sua mulher Santa Daria, mártires († 283) de Atenas -

quinta-feira, março 1, 2012

20 de Março: Santos quarenta e quatro Monges da Lavra de São Sabas, mártires († 796) -

quinta-feira, março 1, 2012

04 de Junho: São Metrófanes, Bispo de Bizâncio

junho-04

São Metrófanes foi bispo de Bizâncio nos tempos do Imperador Constantino. É provável que tenha sido o primeiro bispo naquela cidade que, antes, estava compreendida na jurisdição na diocese de Heraclea. Desfrutava, por sua santidade, de grande reputação entre os cristãos do Oriente que, logo após a morte de Constantino, construíram uma igreja em sua homenagem. Esta igreja, quando já se encontrava em ruínas, no século VI, foi reconstruída por Justiniano.

Metrófanes era filho de Domicio, irmão do Imperador Probus. Este, após sua conversão ao cristianismo, mudou-se para Bizâncio, onde cultivou uma profunda amizade pelo Bispo Tito que lhe conferiu as ordens eclesiásticas. Este, já próximo da morte, elevou Domício à dignidade episcopal. Os dois filhos de Domício lhe sucederam no episcopado: Probus, que ocupous a sede por um período de quinze anos e, depois, Metrófanes. A vida de santidade do bispo foi, ao que parece, um dos fatores que levou Constantino a escolher a cidade de Bizâncio como sua capital;, além da localização privilegiada da cidade.

A avançada idade de Metrófanes o impediu de assistir ao Concílio Ecumênico de Nicéia. EPara representá-lo, eviou Alexandre, um de seus presbíteros, No retorno do Imperador e dos clérigos que haviam participado do Concílio, o Bispo Metrófanes anunciou profeticamente a todos que o Padre Alexandre seria o seu sucessor, e que era de sua vontade que Paulo, um jovenzinho leitor do Bispo, sucedesse Alexandre em suas funções. Morreu poucos dias depois.

Tradução e publicação neste site
com permissão de
Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André

Comments are closed.