Estes são os nomes dos doze Apóstolos: Primeiro Simão, chamado Pedro, e seu irmão André; Tiago e seu irmão João, filhos de Zebedeu; Felipe, e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeo, e Tadeu; Simão o zelote e Matias, que foi eleito para assumir o lugar de Judas Iscariotes, o que traiu Jesus.

Todos os discípulos de Jesus morreram como mártires, com exceção de dois: Judas e João. Judas Iscariotes (12º), que traiu Jesus e acabou se enforcando;  João (4º), após ser exilado na ilha de Patmos, obteve a liberdade e morreu de morte natural;  Matias, ficou no lugar de Judas Iscariotes e foi martirizado na Etiópia;  Simão (11º), o zelote, foi crucificado;  Tadeu (10º), morreu como mártir pregando o evangelho na Síria e na Pérsia;  Tiago (9º), o mais jovem, pregou na Palestina e no Egito, sendo ali crucificado;  Mateus (8º), morreu como mártir na Etiópia;  Tomé (7º), pregou na Pérsia e na Índia, sendo martirizado perto de Madras no monte de São Tomé;  Bartolomeu (6º), serviu como missionário na Armênia, sendo golpeado até a morte;  Filipe (5º), pregou na Frigia e morreu como mártir em Hierápolis;  André (2º), pregou na Grécia e Ásia Menor. Foi crucificado em Acácia pelo procônsul Eges. Foi amarrado para sofrer mais. Ele foi crucificado em forma de X (cruz decussada);  Tiago (3º), o mais velho, pregou em Jerusalém e na Judéia. Foi decapitado por Herodes;  Simão Pedro (1º), pregou entre os judeus até a Babilônia, esteve em Roma, onde foi crucificado com a cabeça para baixo. Considerado indigno de sofrer como Jesus;  Paulo, que não era apóstolo oficialmente, foi considerado apóstolo dos gentios por causa da sua grande obra missionário nos países gentílicos. Foi decapitado em Roma por ordem de Nero.


Tradução e publicação neste site
com permissão de
Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager