Luciano nasceu em Samosata, na Síria (235-312), de pais cristãos, como ele também o foi desde muito pequeno. Logo depois da morte de seus pais, repartiu sua herança com os pobres, passando a se dedicar ao estudo das Sagradas Escrituras, pois que conservava em seu coração as palavras do apóstolo São Paulo: «Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para ensinar, defender, corrigir e guiar para o bem». Ou seja, toda a Escritura foi inspirada por Deus, sendo por isso proveitosa para ensinar a verdade, comprovar os erros, corrigir aos que pecam e educar na virtude. Tendo alcançado um profundo conhecimento da Santa Escritura, Luciano foi então ordenado sacerdote de Antioquia. Ali ele ensinou com muita dedicação e precisão a divina palavra. Luciano fundou em Antioquia escolas muito concorridas para os estudantes nas quais a doutrina e as virtudes cristãs eram ensinadas e praticadas. Quando tomou conhecimento que em Nicomédia o imperador Diocleciano perseguia e matava cristãos,  Luciano deixou Antioquia seguindo para lá para levar apoio e fortalecer na fé os cristãos que eram submetidos ao martírio. Mas logo foi apanhado e levado à prisão onde foi deixado morrer de fome.

Tradução e publicação neste site
com permissão de: Ortodoxia.org
Trad. Pe. André

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager