São Nikon, nascido em Ponto, abandonou seus amigos de juventude para entrar no monastério de Crisopetro. Lá viveu doze anos entregue à oração e exercícios penitenciais austeros. Por causa de suas eloqüentes conferências e exortações, fruto espiritual  de sua vida monástica, motivou seus superiores a designá-lo como pregador da palavra de Deus ao povo. Assim pois, São Nikon partiu  para uma missão em Creta, que acabava de livrar-se dos sarracenos. São Nikon converteu muitos cristãos que tinham abraçado a religião islâmica. Por iniciar sempre as suas pregações coma palavra “Metanoia” (Arrependimento, conversão), o povo lhe deu este sobrenome. São Nikon ensinava seus ouvintes a cortar os vícios pela raiz e, desse modo, conseguiu muitas conversões. Depois de quase 20 anos de missão e pregação em Creta, mudou-se para o continente. Em Esparta e outras regiões da Grécia, anunciou a palavra de Deus e confirmou a doutrina que pregava com milagres. Faleceu em 998 num monastério do Peloponeso.

Tradução e publicação neste site
com permissão de:
Ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager