Eutímio nasceu em Lacônia e estudou em Alexandria. Após concluir seus estudos retirou-se para um monastério, destacando-se na vida monástica. Por suas virtudes e educação, foi eleito bispo, ocupando o trono metropolitano de Cerdenha. Como metropolita, participou do Sétimo Concílio de Nicéia (787), contra os iconoclastas.  Em Sardes, de Lidia, por sua posição favorável às imagens sagradas, Santo Eutimio foi desterrado pelo imperador iconoclasta Miguel. Mais tarde, durante o império de Teófilo, foi duramente castigado com açoites, consumando seu martírio. Faleceu por volta do ano 825.

Tradução e publicação neste site
com permissão de: Ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos /Pe. André

II

Santo Eutímios nasceu em Uzara, na Ásia. Depois de se ter destacado na vida monástica, foi elevado à Sé episcopal de Sardes, e confundiu os hereges no concílio geral de 787, segundo de Nicéia. Ele foi notado pelos imperadores Irineus e Constantinos VI que lhe confiaram diversas embaixadas oficiais. Mas, sob o imperador Nicéforos, Santo Eutímios foi exilado, por volta de 805, ao mesmo tempo que outros cristãos ortodoxos, em Pantelaria da Estéria, por ter conferido a tonsura monástica a uma jovem.Leão o Armênio o chamou do exílio em 815 e perguntou se ele prestava culto às imagens. Santo Eutímios respondeu firmemente como era de seu costume e lançou anátema contra o imperador. Este, furioso, decretou de imediato o seu exílio na Ásia em Mísia, onde permaneceu de 815 a 821. Quando Leão foi assassinado por Miguel o Gago, o santo foi chamado de Assos e intimado a renunciar a prestar culto às imagens. Ele condenou o imperador com suas réplicas; foi de novo mandado para o exílio em Acritas. Foi encerrado numa prisão escura, onde quatro executores o jogaram por terra e o fustigaram com nervos de boi, tão cruelmente que ele morreu oito dias depois, em 824, no dia seguinte ao Natal.

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager