Incomparável mestre João, depois de sua morte recebeu o epíteto de Crisóstomo (“Boca de Ouro”) por seu maravilhoso dom na oratória. Contudo, sua piedade e inominável valor são atributos que o fazem mais glorioso e um dos maiores pastores da Igreja. As relíquias de São João Crisóstomo passaram 30 anos em uma igreja da Capadócia, em Komana, onde o Grande Mestre passou por tantas provas no exílio. No ano 438, seu corpo foi exumado e transladado para Constantinopla. O imperador Teodósio II e sua irmã Santa Pulqueria acompanharam o cortejo, juntamente com o Patriarca Proclos que havia sido seu discípulo, pedindo perdão pelos pecados de seus antecessores que tanto perseguiram São João. O corpo de São João Crisóstomo foi depositado na Igreja dos Santos Apóstolos de Constantinopla. Na Igreja Ortodoxa ele é um dos três santos Patriarcas e Doutores Universais, com São Basílio e São Gregório Nazianzeno.

Tradução e publicação neste site
com permissão de
Ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos

Compartilhe isso:
 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment