Arquipo era natural de Colossos onde conheceu o apóstolo São Paulo por quem converteu-se ao cristianismo. Graças ao seu zelo, devoção e dedicação, rapidamente juntou-se na batalha espiritual de seu glorioso mestre. São Paulo, em suas epístolas, menciona Arquipo em duas ocasiões: na carta a Filêmon (Fm 1:2) e na sua Epístola aos Colossenses (Cl 4:17). Ao pôr em prática sua missão divina, Arquipo foi preso por ordem do prefeito Androcleus. Tendo se negado a oferecer sacrifícios aos ídolos, foi desnudado e posto num fosso, ficando com metade de seu corpo enterrado. No entanto, Arquipo permanecia firme em sua fé, testemunhando-a em alta voz e negando-se a adorar os falsos deuses. Começaram então a lhe ferir com agulhas por todo o seu corpo, no pescoço, nas axilas, nas costas, nos olhos, nas orelhas, na boca e na cabeça. Mesmo sofrendo as conseqüências de todas essas torturas, não abjurou sua fé em Jesus Cristo, o centro de suas orações e louvor. Por fim, Arquipo foi apedrejado violentamente, entregando sua vida e sua alma a Cristo e, com o Apóstolo Paulo, recebeu a coroa do martírio.

Tradução e publicação neste site
com permissão de Ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager