São Leão viveu entre os anos 836 e 912. Era natural da região de Ravena, na Itália. Seus pais buscavam lhe dar uma educação enciclopédica, em que fosse possível conciliar vários conhecimentos. Acreditavam que tanto a criança quanto sua educação só eram frutuosas se estivessem baseadas no que a Palavra de Deus dizia: «Criem vossos filhos, educando-os e aconselhando-os segundo os preceitos de Nosso Senhor Jesus Cristo». Assim Leão foi educado. Estudou ciências com esmero e dedicação e nelas sempre se destacava. Sua formação cristã o ajudou a conservar sua humildade, protegendo-o da vaidade e do orgulho. Tinha forte desejo de servir a Deus e a Igreja, decidindo-se, por isso ser ordenado sacerdote. Serviu a Igreja nos três graus do sacerdócio, e em cada etapa cumpriu perfeitamente suas obrigações religiosas. Suas preciosas virtudes o elevaram ao grau do episcopado, tornando-se bispo de Catânia. Em seu apostolado como bispo, trabalhou incansavelmente, ensinando e preocupando-se não só com as almas, mas acolhendo e alimentando os órfãos. Deus lhe deu a graças de operar milagres. Deixou serenamente este mundo e seu santo corpo foi sepultado na Igreja de Santa Lúcia que foi ele havia edificado.

Tradução e publicação neste site
com permissão de: Ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager