Santo Artemio nasceu numa família nobre na cidade de Selêucia, da Pisídia. Durante a sua missão, o Santo Apóstolo Paulo parou nesta cidade para pregar a Boa Notícia. Artemio deixou tudo e decidiu juntar-se aos discípulos do Apóstolo. Juntamente com Paulo, navegou para Chipre (At 13:4). Seguiu e enfrentou muitos perigos para anunciar a todos os homens o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Quando o apóstolo foi preso e acorrentado, Artemio também foi acorrentado com ele, mas  com alegria sofreu a perseguição e a flagelação, complementando em seu corpo os sofrimentos da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo (cf. Col 1,24). Quando chegou à estatura da plenitude de Cristo, foi nomeado pelo apóstolo como bispo de seu país, Seleucia. Santo Artemio foi, então, o protetor das viúvas, o pai dos órfãos, o porto de salvação para todos os que estavam em risco, o médico das almas e corpos, o teto aos peregrinos. Como o seu mestre, São Paulo (cf. 1 Cor 9:22), ele teve especial cuidado na formação de seus discípulos. As suas virtudes e seu ensino apostólico adornam a Igreja de Cristo. Sua alma repousou no Senhor quando já estava com idade avançada, e recebeu como recompensa por seu trabalho as bênçãos eternas no reino dos céus, reservadas por Deus aos seus santos desde a criação do mundo.

Tradução: Pe. André Sperandio

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager