Segundo a Tradição da Igreja, Simeão (ou Simão) era um dos quatro filhos do primeiro casamento de São José e irmão de São Tiago, primeiro bispo de Jerusalém que também era chamado, conforme o costume judaico da época, de «irmão do Senhor». Após o martírio de São Tiago (62), e da tomada de Jerusalém pelos exércitos romanos (70), Simeão foi eleito o segundo bispo da Mãe de todas as igrejas, sucessor de são Tiago no Trono de Jerusalém.

Simeão exerceu seu apostolado de forma perfeita, com abnegação e trabalho incansável. Combateu, com zelo divino, os cultos e ídolos pagãos de sua época, e seus dons intelectuais foram luzes  que ajudaram muitas almas alcançar a salvação, a despeito dos perigos e perseguição aos cristãos daquele tempo.

Sua principal característica era uma fé inabalável. Viveu até os 120 anos, quando enfrentou o martírio com dignidade. Sua idade avançada contrastava com seu coração jovem que fê-lo resistir aos muitos sofrimentos. Nos momentos difíceis  voltava-se para  Deus e era inspiração para todos.

Tradução e publicação neste site
com permissão de
www.ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos Tamanini

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager